Outbound Marketing: o que é e quando aplicar?

Qual a diferença entre outbound marketing e inbound marketing? Qual é melhor? Qual devo selecionar para minha empresa? Em que momento devo aplicar cada uma dessas estratégias? Respondemos essas perguntas no conteúdo de hoje.


Outbound marketing, o que é?



Sabe quando você está assistindo um vídeo e aparece um anúncio no meio dele? Ou quando você está navegando em algum site e surge uma propaganda de alguma empresa? Esses são alguns exemplos de outbound marketing. Trata-se do “marketing de interrupção”, os anúncios que – ativamente – chegam nos clientes e potenciais clientes.
O outbound é ativo, “vai até o cliente”, ao passo que, no inbound marketing, a estratégia principal é “esperar” o consumidor chegar, atraindo-o por meio de conteúdos interessantes. 

Qual a melhor estratégia?


As duas estratégias são boas e muito eficazes se feitas corretamente, o que deve definir a escolha por uma ou outra é o momento que a empresa está vivendo. Vale frisar que, os resultados no inbound marketing, acontecem no longo prazo e, caso a empresa esteja em uma área que tenha muita concorrência na produção de conteúdo, haverá ainda mais demora no retorno das ações. O outbound, por sua vez, costuma trazer retorno quase que imediato, mas também para de trazer números no exato momento que pararem os investimentos. 

Qual estratégia devo selecionar para a minha empresa? Em que momento devo aplicar cada uma das estratégias?


O ideal é mesclar as duas estratégias, separando uma verba para inbound e uma verba para outbound marketing. Ao separar a verba e usá-las ao mesmo tempo os resultados tende a ser muito melhores. Isso porque o outbound vai acelerar a prospecção ativa, enquanto o inbound poderá qualificar os leads captados, bem como consolidar a marca para quem tiver contato com os anúncios.

Precisa de ajuda para traçar uma estratégia eficaz para sua empresa? Basta mandar email para contato@entrelinhasmarketing.com.br

Leave A Comment