Ambiente mercadológico: como analisar para ajudar no faturamento?

O que contribui para o sucesso da empresa? É possível antecipar possíveis ameaças e evitar, desta forma, uma queda no faturamento? O ambiente mercadológico ajuda a responder essas questões e direciona muito os resultados de todas as organizações. Quer entender como analisa-lo corretamente? Leia esse texto até o final.

Ambiente mercadológico: o que é?

Para uma empresa ser bem-sucedida não basta ela ter uma atuação impecável, existem diversos fatores que influenciam e contribuem para que os resultados sejam positivos ou negativos. Para entender bem quais são esses fatores, é preciso fazer a análise do ambiente mercadológico.
Alguns autores, como Hooley, Saunders e Piercy, dividem tal ambiente em competitivo e macroambiente. O competitivo engloba a empresa e as demais áreas funcionais. Já o macroambiente inclui organizações, instituições e situações que influenciam os resultados da organização.

Qual a importância de traçar a análise do ambiente mercadológico?

Quando uma empresa é capaz de rastrear as tendências, ela consegue identificar oportunidades e ameaças com mais facilidade. Esse monitoramento constante ajuda a traçar um planejamento estratégico adequado no sentido de aproveitar possíveis oportunidades (se antecipando aos concorrentes) e neutralizar as ameaças (evitando que elas afetem o faturamento).

Como saber quais elementos interferem nessa análise de ambiente mercadológico?

Cada organização tem sua gama de entidades/variáveis e fatores influentes. Para definir quais seriam essas entidades e quais seriam essas variáveis é importante fazer uma pesquisa interna, validando respostas do corpo diretivo e dos colaboradores de modo geral.

 

O que seriam essas entidades que podem influenciar e quais são esses possíveis fatores influentes?

  1. Governo Federal pode ser uma entidade e seus fatores influentes podem ser taxa de juros Selic, encargos sociais, fiscalização ambiente e etc.
  2. Clientes podem ser entidades também e seus fatores influentes estão relacionados a comportamento de compra e de consumo, poder aquisitivo, percepção de qualidade no produto e etc.
  3. Outros exemplos de entidades: bancos, funcionários, distribuidores, sindicatos, acionistas, imprensa e etc.

 

O que seriam essas variáveis que podem influenciar e quais são esses possíveis fatores influentes?

1. Variáveis Operacionais: capacidade total de produção, patentes/direitos autorais, condições climáticas que interferem na produção e etc.
2. Variáveis concorrenciais: ação publicitária dos concorrentes, opinião dos clientes sobre os produtos deles e etc.
3. Outros exemplos: variáveis políticas, econômicas, socioculturais, tecnológicas, legais e etc.

 

Como analisar essas entidades e variáveis e seus respectivos fatores influentes?

O ideal é listar todos os itens e colocar o peso que cada um deles tem em sua empresa. Fatores influentes de cada entidade/variável deve ser inserido por sua ordem de importância na atuação da organização. Se a fiscalização de ambiente do Governo Federal, por exemplo, é o fator que tem maior relevância para a empresa ele deve ser inserido com o maior peso e assim por diante. Ao “dar notas” para esses fatores e detalhar como eles influenciam será possível , posteriormente, destrinchar parta uma análise SWOT e traçar ações que auxiliem a empresa a atingir seus objetivos.

Precisa de ajuda para fazer uma análise de ambiente mercadológico com critérios bem estabelecidos e detalhamento assertivo? Basta enviar um email para contato@entrelinhasmarketing.com.br

Leave A Comment