Esporte coletivo e pandemia: desafios do marketing

Todos os setores foram afetados durante essa pandemia, entretanto, é possível afirmar que alguns estão sofrendo mais do que os outros. O esporte coletivo, por exemplo, é um segmento que está perdendo uma receita significativa e alguns clubes estão precisando se virar para manter algo em caixa. Confira as estratégias no texto de hoje.

 

Esporte coletivo e as perdas na pandemia

Segundo especialistas, os clubes brasileiros de futebol, por exemplo, vão perder cerca de R$ 2 bilhões de sua receita. Isso porque, com a paralisação desde março e sem data certa de retorno, houve um recuo significativo na arrecadação com a venda dos direitos de televisionamento e, principalmente, no faturamento relativo ao matchday (valores relativos à bilheteria, sócio torcedor, camarotes, alimentos e demais itens vendidos no dia dos jogos).
Outro recuo expressivo diz respeito ao patrocínio, royalties e produtos licenciados, algo que girou em torno de 30% a menos de arrecadação.

Esporte coletivo e o marketing esportivo

Em nosso canal, explicamos – nesse vídeo (clique para entender detalhes) – as possibilidades de agregar uma marca, uma empresa, a um clube, um esporte. Tal conexão é positiva para os dois lados. A organização pode agregar características e emoções positivas atreladas a aquele evento esportivo e os atletas e clubes se beneficiam do auxílio financeiro (além de, é claro, também agregar valores desta marca).
Entretanto, nesse período que estamos vivendo, em que não estão acontecendo competições, os clubes e atletas precisam repensar suas estratégias para conseguirem manter sua saúde financeira.
Alguns times de futebol, por exemplo, realizaram algumas promoções bem enfáticas a fim de conseguirem superar a tempestade. Separamos algumas destas táticas de marketing promocional para ilustrar o que foi feito para incentivar a adimplência dos sócios torcedores: sorteio mensal de carros, possibilidade de ter sua foto inserida na arquibancada, valores congelados no plano de sócio para 2021, desconto de 50% na camisa do clube, possibilidade de estar presente em cinco treinos da equipe em 2021, entre outros.

O que empresas podem aprender com o esporte coletivo?

Essa estratégia focada em marketing promocional foi uma tentativa mais voraz para tentar amenizar os prejuízos. Muitas empresas, que também estão enfrentando diversas perdas em função da pandemia, estão estagnadas, paralisadas pelo medo de falirem. O ideal é tentar pensar fora da caixa e traçar um planejamento alinhado com sua realidade e que possa ajudar a passar pelo período. Inclusive, temos um case bem bacana do nosso cliente Fábrica Era Uma Vez. Nesse vídeo, uma das sócias da empresa, a Laila Salomão, contou como criou um novo produto para ser ofertado no período de pandemia. A ideia deu tão certo que será mantida, mesmo após a quarentena.

Precisa de ajuda para criar um planejamento que ajude a recuperar o faturamento da sua empresa? Basta enviar um email para contato@entrelinhasmarketing.com.br

Leave A Comment