Vídeo sobre produto vende mais?

Será que um vídeo sobre um produto pode ser mais eficaz para vender do que um texto? Como deve ser esse vídeo para ele atingir um resultado melhor? Por que vídeo sobre a marca pode ser mais eficaz? Qual o poder de persuasão de um vídeo? Confira nossa reflexão no texto de hoje.


Contar histórias faz parte do nosso DNA

Desde os primórdios da sociedade, usamos histórias para nos comunicarmos. As histórias falam sobre sentimentos, passam conhecimento e nos ajudam a lidar com situações sociais complexas.
Ao ouvirmos e contarmos histórias podemos despertar dois sentimentos: tristeza ou empatia. A tristeza libera um hormônio chamado cortisol. Já a empatia libera ocitocina, associada a cuidado e conexão. Quanto mais ocitocina for liberada, mais empáticos ficamos e mais propensos estaremos a mudarmos de comportamento.
Ok, e o que isso tem a ver com a produção de vídeos?

Vídeo sobre produto pode ser uma história que a marca está contando


O vídeo, por si só, é uma mídia voltada para contar histórias. Trata-se de um formato de comunicação de massa eficaz.
Por meio do storytelling, as marcas são capazes de criarem conexão com as pessoas no longo prazo. Quem assiste uma narrativa e fica empático ao que está sendo contado, se comovendo com as imagens transmitidas, ficará muito mais propenso a uma decisão do que quem for impactado com apenas dados racionais e estatísticos.
E sabe por que isso acontece?

Porque as pessoas são mais dependentes de decisões subconscientes

 

Tomamos, todos os dias, milhares de decisões: o que vamos comer, o que iremos assistir, qual trajeto iremos fazer para irmos para determinado lugar, o que faremos e etc. Nosso cérebro precisa decidir sobre tantos tópicos que, para não surtarmos com tanta pressão, algumas decisões são tomadas de forma automática.
Tais decisões ativam o sistema de sobrevivência do cérebro, um sistema que serve para reagirmos com rapidez. Tal sistema serve para nos poupar energia.
Quando “conversamos” com esse sistema, acionando o emocional da pessoa com a campanha, conseguimos mudanças mais drásticas no comportamento. Isso funciona muito bem na conexão ao longo prazo.
Entretanto, se quisermos resultados rápidos, podemos acionar o sistema 2, racional. Sabem as famosas campanhas “Compre já”, “Últimas unidades”. Elas acionam o sistema 2 e podem servir para vender naquele momento, entretanto, não fará com que o público se conecte com a marca.

Mesmo sabendo que o vídeo sobre uma história relacionada a um produto pode ajudar muito nas vendas e construção de marca no longo prazo é preciso tomar cuidado para não exagerarmos.

Precisa de ajuda para planejar e implementar uma estratégia eficaz de vídeo marketing? Fale conosco! Basta enviar um email para contato@entrelinhasmarketing.com.br

FONTE: MOWAT, Jon. Vídeo Marketing: como usar o domínio do vídeo nos canais digitais para turbinar o marketing de produtos, marcas e negócios. 1ª edição. Belo Horizonte: Autêntica Business, 2018.

Leave A Comment