O que significa informar?

Segundo o dicionário Priberam, informar significa “dar informações a ou a respeito de”. Em alguns contextos, a palavra pode ser entendida como sinônimo de “comunicar”. O que significa esse termo no âmbito organizacional? Pensando nisso, o que é as empresas devem levar em consideração ao traçar seu plano de comunicação? Fizemos uma reflexão no texto de hoje.

O que é informar?

Levando em consideração a teoria da comunicação e seus respectivos elementos, em um processo comunicativo temos: emissor (aquele que transmite o conteúdo), a mensagem (conteúdo transmitido) e receptor (aquele que recebe o conteúdo). A mensagem é transmitida por meio de um canal (fala, escrita, vídeo e etc.) e utilizando um código (língua utilizada, desenhos e etc.). Tendo todos esses itens em vista, informar é o processo que um emissor transmite informações ao receptor.

Quais são os problemas que envolvem o processo?

Hoje lidamos com discursos pluralizados. Nesse sentido, é preciso que a mensagem transmitida esteja totalmente alinhada com o seu receptor (no caso de uma empresa, do público alvo). Isso pode fazer com que o conteúdo seja manipulado e apresente fragmentos estereotipados ou deformados da informação apresentada.

O ato de comunicação é o resultado da interação entre produtor e receptor da mensagem, o que significa que a entonação proferida pelo emissor, bem como a interpretação do destinatário interferem diretamente na mensagem. Além disso, as condições de produção da mensagem também podem interferir em seu conteúdo. Em outras palavras, um conteúdo vinculado via rádio terá uma formatação totalmente diferente daquela que será vinculada em um jornal impresso, por exemplo.

O que as empresas precisam fazer?

Ao traçar uma comunicação, é imprescindível que as empresas tenham esse processo de comunicação muito claro. Compreender que diferentes aspectos podem interferir nas diferentes interpretações do conteúdo é essencial para obter os resultados esperados com a comunicação.

Ao extremo, no plano de comunicação, ao traçar as análises, é importante levar em consideração aspectos sociológicos, psicossociais e socio discursivos.

 

Precisa de ajuda para informar com assertividade em sua organização? Fale com a EntreLinhas! 😊
Basta enviar um email para contato@entrelinhasmarketing.com.br

 

 

FONTE: CHARAUDEAU, Patrick. Discurso das mídias. 2. ed., 2a reimpressão. – São Paulo: Contexto, 2013.

Leave A Comment