Mídias sociais: qual é a melhor?

O ditado “quem não é visto, não é lembrado” faz total sentido tanto no mundo offline, quanto no mundo digital. A diferença é que, para lojas físicas, uma boa localização é importante para ter um bom fluxo de pessoas, já na internet, é essencial estar presente nas mídias sociais e trabalha-las corretamente para obter bons resultados de alcance.

Nesse artigo, refletimos sobre os benefícios das principais mídias sociais e como as marcas devem se posicionar nelas. Confira até o final.

 

A importância das mídias sociais

É possível perceber isso no dia a dia, mas uma pesquisa da Secretaria de Comunicação Social (Secom), do Governo Federal, confirmou que 92% das pessoas que usam a internet estão nas redes sociais. Trata-se de um número bastante expressivo.

O brasileiro fica, em média, 3h39 online nas redes sociais. Fazendo uma analogia com o mundo offline, as marcas bem posicionadas nas mídias sociais possuem “uma loja em uma esquina super movimentada da cidade”.

 

Quais mídias sociais têm mais usuários ativos?

Segundo a pesquisa realizada pelo site Statista em 2018, o Facebook é a maior rede social, com 2.234.000.000 usuários ativos, o Youtube pega a segunda colocação com 1.900.000.000 e, na sequência, vem o Whatsapp com 1.500.000.000 usuários ativos. O Instagram pega a 6ª posição, com 1.000.000.000 usuários e o Linkedin ficou em 14º lugar com 303.000.000 pessoas.

 

Qual é a melhor rede social para meu negócio?

Nós, da EntreLinhas, sempre falamos que é importante orbitar no máximo de redes sociais possível. Isso para a marca conseguir se fazer presente em diferentes plataformas. Entretanto, cada mídia social tem sua particularidade e isso deve ser levado em consideração ao formatar o planejamento de conteúdo que será compartilhado.

O Facebook, por exemplo, é bem versátil, você pode postar desde textos simples (sem imagem) até vídeos e gifs. Como ele possui diferentes formas de reagir à postagem, bem como a possibilidade de compartilhamento, é interessante publicar conteúdos que interajam com o público, que façam com que ele pratique algum tipo de ação com aquela postagem.

O Youtube, por sua vez, é excelente para ajudar no ranqueamento da empresa, bem como para trazer notoriedade à marca com vídeos informativos. Além disso, para marcas com perfil jovem, o conteúdo de entretenimento é um ótimo caminho, por essa plataforma tem sido a TV da atual geração.

O Whatsapp pode ser uma ponte bem estruturada para relacionamento. Facilita a troca de mensagens e envio de fotos, imagens e vídeos de forma muito simples e intuitiva.

O Instagram é quase tão versátil quanto o Facebook, com exceção de que ele não tem tantas opções para o usuário interagir. Além disso, a rede social disponibiliza, além da postagem no feed, os stories, uma forma mais rápida de publicação, que pode ajudar na aproximação com o público.

Por fim, o Linkedin, apesar de disponibilizar funções bem semelhantes ao Facebook, ele possui um caráter totalmente profissional. Nessa plataforma, a marca terá contato com o lado profissional do público, excelente para empresas que possuem um negócio B2B.

 

Precisa de ajuda para formatar sua estratégia de mídias sociais? Envie um email para contato@entrelinhasmarketing.com.br. Formatamos pacotes perfeitamente alinhados com suas necessidades e possibilidades de investimento! 😉

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *